terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Curiosidades sobre os processos de decoração da porcelana

Achei muito interessante o trabalho de Fábio Carvalho para o blog de porcelanas Brasil e gostaria de partilhar com vocês.
Muita gente se confunde com os trabalhos de decoração de porcelana. Aqui vão os trabalhos básicos bem detalhados.

A decoração da porcelana é feita de diversas formas: com o uso de pintura à mão livre, uso de estanhola (molde vazado), a aplicação de decalque, transfer e a de filetes (ou listel). Algumas peças recebem mais de um processo durante sua decoração.Como o processo de decoração feito com pintura manual demanda muitos artesãos qualificados, e maior tempo de execução, não é mais praticado em larga escala, exceto por algumas poucas fábricas, que tem na decoração manual o seu diferencial.

xícara de chá da Manufatura Nacional de Porcelana, inteiramente pintada à mão

A estanhola nada mais é que um molde vazado, que serve de máscara para a aplicação da tinta à mão, com uso de pincel ou aerógrafo.

caixa da Cerâmica Mauá, decorada com o uso de estanhola

O decalque é um adesivo impresso em gráficas, em um papel adesivo especial, que é removido do suporte quando mergulhado em água, e é então aplicado na peças de porcelana. Após ser colocado na posição correta, passa-se uma borracha para alisá-lo e fixá-lo. Na queima final da peça de porcelana, o papel adesivo é carbonizado, restando apenas a tinta impressa no decalque, que se funde ao verniz da porcelana.

jogo de café & chá da Porcellana Mauá,decorado com uso de decalques e filetes em ouro

O transfer é um processo similar ao decalque, pois também é uma imagem impressa sobre um papel (ou tecido, forma mais antiga de aplicação de transfer). Mas enquanto o decalque é aplicado após a vitrificação da porcelana, o transfer é aplicado antes, desta forma ficando por baixo do verniz final ("baixo verniz"), e sendo mais resistente ao desgaste. Geralmente é monocromático, e é a forma tradicional de decoração das peças "azul e branco", e as decorações que costumam recobrir em larga escala uma peça, como cenas inglesas, padrões florais, etc.

peças da Matarazzo decoradas com uso de transfer

Os filetes são aplicados com dois tipos de pincéis: a trincha (pincel largo e sem ponta) e o pincel fino (de ponta fina e delicada). As peças são colocadas em um torno para que possam girar livremente, assim a mão do filetador pode ficar apoiada e fixa evitando falhas no filete.Após a decoração, as peças passam pelo controle de qualidade e a seguir sofrem a segunda queima para fixação da decoração. Atualmente em algumas decorações e filete já está no decalque (adesivo), reduzindo assim o processo em apenas uma queima.

2 comentários:

Porcelana Brasil disse...

Cara Heloísa,
Fiquei muito orgulhoso em ver a republicação do meu trabalho de 2007 de classificar e explicar os vários processos decorativos de louça e porcelana, mas acho que teria sido importante você colocar um link para o blog original, não acha?

http://porcelanabrasil.blogspot.com/2007/12/processos-decorativos.html

Anônimo disse...

Meus queridos, tudo bem?
Legal a matéria, grato a ambos.
Agora bem que vcs poderiam mostrar as formas de criarmos os nossos próprios decalques para queima em alta.
Grande abraço.